PUBLICIDADE
Actualidade

Michelin fecha fábrica de pneus com 858 empregados na Alemanha até 2021

25 | 09 | 2019   14.01H

O grupo francês Michelin anunciou hoje o encerramento da sua fábrica de Bamberg, na Alemanha, na qual há 858 empregados, devido à queda da procura dos pneus que ali se fabricam pela concorrência asiática.

O fim da atividade em Bamberg ocorrerá até inícios de 2021, explicou num comunicado a Michelin, que constituiu uma provisão de 167 milhões de euros nas contas deste ano para fazer frente ao encerramento da fábrica.

Na fábrica de Bamberg produzem-se maioritariamente pneus 'premium' de 16 polegadas, um segmento do mercado que segundo a empresa se vê afetado por "uma forte diminuição da procura global e por uma concorrência extremamente forte dos fabricantes asiáticos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • A Alemanha a sofrer o efeito da globalização desenfreada ,não previu a sua derrota económica e tem que atuar como TRUMP relações comerciais que não ponham em causa os postos de trabalho Alemão e na EU.Detroit nos EUA não serviu de lição?
    Pina | 25.09.2019 | 16.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Um pouco de pimenta no rabo dos boches não faz mal nenhum. Tem que ser agora, porque daqui a 10, 20 anos, não há boches para salgar e apimentar. Sociedade velha, sem filhos que passará para as mãos dos imigrantes.
    Dono dos Burros | 25.09.2019 | 15.40Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE