PUBLICIDADE
Eleições

Presidente da República indigitou António Costa como primeiro-ministro

08 | 10 | 2019   20.35H

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, indigitou hoje o secretário-geral do PS, António Costa, como primeiro-ministro, após ouvir os dez partidos com representação parlamentar sobre a formação do novo Governo.

"Na sequência das eleições parlamentares do passado domingo, 06 de outubro, ouvidos, nos termos constitucionais, os partidos agora representados na nova Assembleia da República, e tendo em conta os resultados eleitorais, o Presidente da República indigitou hoje o doutor António Costa, secretário-geral do PS, como primeiro-ministro do XXII Governo Constitucional", lê-se numa nota publicada no portal da Presidência da República na Internet.

Na mesma nota, é referido que, "depois de publicados os resultados finais oficiais das eleições, seguir-se-á a primeira reunião do novo parlamento e a nomeação e posse do Governo e, no prazo máximo de dez dias após a nomeação, a submissão do programa do Governo à apreciação da Assembleia da República".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

6 comentários

  • O sr. selfies fala sempre em vâo : palhaços sempre tivemos
    farsolas | 12.10.2019 | 14.52Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Ó LICAS, tens que ressuscitar o Doutor António de Oliveira SALAZAR, já que o Cuelho quando lá esteve, não deu conta do recado, ele, mais o Irrevogável-abana o rabo. E vê lá se consegues meter na tua equação o Zeinal Bava, ou não...????
    Dono dos Burros | 11.10.2019 | 14.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Portugal é integracionista desde 25 de ABRIL.Otelo o operacional militar do golpe tem origens Goesas,Costa o politico que quebra tradiçao parlamentar é também de origem GOESA.Dois golpes ,um militar outro politico por esquerdistas de façoes e visões diferentes num interregno de 45 anos.
    Licas | 09.10.2019 | 11.15Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • E... já agora: pode indigitar o Toni para vice-primeiro-ministro também. O cargo de vice-primeiro-ministro está vago e o salário é de 6576,20€ mensais. Acumulava o salário de primeiro-ministro com o salário de vice-primeiro-ministro e... dois salários ruins fazem um bom. Daaaa
    Daaaa | 08.10.2019 | 21.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Indigitou o secretário-geral do PS, António Costa, como primeiro-ministro? Porquê e para quê? O António Costa é primeiro-ministro desde 26 de novembro de 2015... Cada vez percebo menos disto!
    anónimo | 08.10.2019 | 21.33Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Parece que em Portugal a mina dos "media" secou. Parece que Portugal começa a ser um país normal. O que os Correios da Manha não dariam, para terem novamente as birras do Cuelho. O poleiro é meu. É meu!
    Dono dos Burros | 08.10.2019 | 20.42Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE