PUBLICIDADE
Síria

NATO defende estabilização da região, mas reconhece preocupações da Turquia

09 | 10 | 2019   17.18H

O secretário-geral da NATO apelou hoje à Turquia, que avançou com uma ofensiva no norte da Síria, para "não desestabilizar ainda mais a região", reconhecendo, porém, as "preocupações legítimas de segurança" de Ancara.

Numa conferência de imprensa em Roma, Jens Stoltenberg disse que a Turquia, membro da Aliança Atlântica desde 1952, "tem preocupações legítimas de segurança", ao ter sofrido "ataques terroristas horríveis" e por ter recebido vários milhares de refugiados, grande parte oriundos da Síria.

Stoltenberg falava horas depois do início de uma nova operação militar no nordeste da Síria, anunciada previamente pelo Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, contra a milícia curda das Unidades de Proteção Popular (YPG), apoiada pelos países ocidentais, mas considerada terrorista por Ancara.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE