PUBLICIDADE
Actualidade

Subida do salário mínimo desde 2014 acompanhada pela criação de 400 mil empregos -- estudo

10 | 10 | 2019   05.32H

O aumento do salário mínimo entre 2014 e 2018 foi acompanhado pela criação de cerca de 400 mil empregos, levando à descida da taxa de desemprego de 13,9% para 7%, revelou o novo Caderno do Observatório sobre Crises Alternativas.

"A definição do salário mínimo foi o mais emblemático recurso utilizado pelo Governo português para intervir nas relações laborais nos anos de recuperação económica. Depois de um congelamento do seu valor nominal entre janeiro de 2011 e setembro de 2014, o salário mínimo experimentou um crescimento acentuado. O seu valor ascendeu de 485 euros, antes de setembro de 2014, para 600 euros, a partir de janeiro de 2019", lê-se no relatório do observatório do Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, hoje divulgado.

Esta subida foi assim acompanhada por um "aumento expressivo" do emprego, que se traduziu na criação de cerca de 400 mil empregos entre o final de 2014 e o final de 2018.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE