PUBLICIDADE
Nobel

Olga Tokarczuk é uma escritora que trabalha a História sem confiar na realidade

10 | 10 | 2019   14.46H

Autora de obras assentes no passado do seu país, a escritora polaca Olga Tokarczuk, Prémio Nobel da Literatura de 2018, é um nome maior da literatura europeia, que começou a ser revelado ao mundo a partir de 2018.

Apesar de publicar romances desde 1993, em Portugal (como noutros países, particularmente nos de língua inglesa), só começou a chegar às livrarias este ano, pela Cavalo de Ferro, depois de vencer o prémio Booker Internacional, em 2018, com a tradução para inglês de "Viagens". Este ano, voltou a estar nos finalistas daquele galardão com a tradução de "Conduz o teu arado sobre os ossos dos mortos", publicado agora em Portugal.

"Viagens" foi publicado na Polónia, em 2007, enquanto "Conduz o teu arado sobre os ossos dos mortos" saiu dois anos depois, mas a obra mais destacada da escritora, segundo a crítica internacional, será "Os Livros de Jacob" (título traduzido, de forma livre, a partir da edição francesa da Noir Sur Blanc), ainda sem plano de publicação em Portugal.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE