PUBLICIDADE
Nobel

Peter Handke surpreendido com decisão "muito corajosa" da Academia Sueca

10 | 10 | 2019   18.01H

O escritor austríaco Peter Handke, premiado hoje com o Nobel da Literatura 2019, afirmou ter ficado "surpreendido" com a atribuição da distinção, que considerou "muito corajosa, depois de todas as discussões" provocadas pela sua obra.

"Depois de todas as discussões (...), fiquei espantado. Este tipo de decisão revela muita coragem da parte da Academia Sueca", declarou aos jornalistas que o esperavam em frente à sua residência, em Chaville, na região de Paris, França.

Autor controverso, sobretudo devido às suas posições pró-sérvias, Peter Handke defendeu, ao longo da carreira, que se deveria "eliminar" o Nobel da Literatura, que classificava de "falsa canonização" que "não oferece nada aos leitores".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE