PUBLICIDADE
Actualidade

Nobel da Paz é "um estímulo" a mais reformas pelos direitos humanos - Amnistia Internacional

11 | 10 | 2019   11.47H

A Amnistia Internacional considerou hoje a atribuição do Nobel da Paz ao primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, como um estímulo à realização de "mais reformas a favor dos direitos humanos", no segundo país mais populoso da África.

"Este prémio reconhece o trabalho crucial do governo do primeiro-ministro Abiy Ahmed que iniciou as reformas a favor dos direitos humanos na Etiópia, após décadas de repressão em larga escala", afirmou a organização de defesa dos direitos humanos.

"No entanto, o trabalho de Abiy Ahmed está longe de terminar", sublinhou a organização.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE