PUBLICIDADE
Actualidade

CIDH denuncia "violência e repressão alarmantes" no Equador

13 | 10 | 2019   01.50H

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) denunciou "situações de violência e repressão alarmantes" registadas este sábado durante os protestos no Equador.

Manifestantes e forças policiais envolveram-se em novos confrontos na capital, Quito, ao 11.º dia de protestos contra o aumento do preço dos combustíveis e a instauração do estado de emergência pelo Governo de Lenín Moreno.

Em comunicado, a CIDH apelou ao "diálogo e ao respeito pelos direitos humanos" e exortou o Estado "a não colocar em risco a vida de crianças, mulheres e idosos indígenas".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE