PUBLICIDADE
Actualidade

Governo bósnio descontente com atribuição do Nobel da Literatura a Peter Handke

13 | 10 | 2019   12.34H

O Governo bósnio manifestou hoje "surpresa e descontentameto" pela atribuição do Nobel da Literatura 2019 a Peter Handke, devido aos seu apoio à política nacionalista da "Grande Sérvia" promovida pelo autoritário ex-Presidente sérvio Slobodan Milosevic.

"Trata-se de uma política que provocou guerras na região da antiga Jugoslávia, que promoveu crimes de guerra na Croácia, Bósnia-Herzegovina e Kosovo, em que muitos perderam a vida, muitos foram expulsos de suas casas e que causou uma forte instabilidade nesta parte da Europa", refere o Ministério dos Negócios Estrangeiros bósnio, num comunicado hoje emitido.

Citado pela agência EFE, o comunicado do Governo da Bósnia sublinha que a atribuição do Prémio Nobel da Literatura a Peter Handke "prejudicou o prestígio e pôs em causa a credibilidade do Prémio em si mesmo".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE