PUBLICIDADE
Governo

Beiras e Serra da Estrela dizem que regiões ganham com Ministério da Coesão Territorial

16 | 10 | 2019   15.33H

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela considerou hoje que as regiões mais desfavorecidas podem vir a ganhar com o recém-criado Ministério da Coesão Territorial, que será liderado por uma pessoa "de arregaçar mangas".

O presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) e da Câmara Municipal de Seia, Carlos Filipe Camelo (PS), disse hoje à agência Lusa que as regiões do interior "poderão, em muito, ganhar" com a escolha de Ana Abrunhosa para ministra do novo Ministério da Coesão Territorial e com a nova "organização do Governo".

"Também pressupomos que pessoas como a doutora Ana Abrunhosa e o Ministério ligado à Coesão Territorial tenham ao seu dispor um conjunto de instrumentos, um conjunto de ferramentas, que lhes possibilite não só teorizar os caminhos que possam levar a um futuro mais risonho para estas regiões, do ponto de vista teórico, mas que possam ser traduzidos em termos de prática", afirmou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE