PUBLICIDADE
Actualidade

Futebolista do Braga Shade Pratt diz ter sido alvo de insulto racista

16 | 10 | 2019   17.35H

A jogadora norte-americana Shade Pratt revelou hoje ter sido vítima de racismo no jogo de domingo da I Liga de futebol feminino, tendo o Sporting de Braga feito uma participação disciplinar para a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Numa publicação nas redes sociais, a futebolista de 26 anos relata que, durante o jogo com o Cadima, em Cantanhede, que as bracarenses venceram por 7-0 e com um dos golos a ser marcado por Shade Pratt, foi insultada por uma adepta da equipa adversária que se encontrava na bancada e que, depois, a mesma se escondeu entre outros espetadores.

"Como norte-americana com ascendência africana, o racismo e as micro agressões diárias não me são estranhas, mas, no último fim de semana, em Portugal, aconteceu-me uma situação destas quando praticava o desporto que amo. Uma fã da equipa adversária atirou-me um insulto racista durante o jogo", escreveu.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE