PUBLICIDADE
Actualidade

Marinha Grande recria abertura da Real Fábrica de Vidro 250 anos depois

17 | 10 | 2019   10.26H

Os 250 anos de abertura da Real Fábrica de Vidros da Marinha Grande são assinalados com uma recriação histórica na noite de sábado, iniciativa que recorda o momento que transformou aquela cidade do distrito de Leiria e a indústria nacional.

"Os Stephens na Marinha Grande - Abertura da Real Fábrica de Vidros (1769)" é o título do espetáculo que envolve 150 figurantes, cavalos, carruagens e fogo de artifício e que recupera a memória da chegada do britânico Guilherme Stephens à cidade, numa recriação preparada pelo encenador Norberto Barroca.

O episódio remonta ao século XVIII: convidado pelo Marquês de Pombal e por D. José I para revitalizar a indústria vidreira nacional, Stephens chegou a Portugal há 250 anos. Em 16 de outubro de 1769, segundo nota divulgada pelo município da Marinha Grande, arrancava a laboração da então reativada Real Fábrica de Vidros.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE