PUBLICIDADE
5G

Impugnação pela Altice não põe em causa migração da TDT - Presidente Anacom

18 | 10 | 2019   17.34H

O presidente da Anacom, João Cadete de Matos, disse hoje que a impugnação, pela Altice, das alterações ao Direito de Utilização de Frequência não porá em causa a migração de frequências da TDT, para a implementação do 5G.

"Do ponto de vista daquilo que está em causa, não temos razão nenhuma para pôr em causa a continuação do programa de migração, tal como está previsto, portanto dia 27 de novembro vai ser feito o teste-piloto em Odivelas", disse o presidente da Anacom - Autoridade Nacional de Comunicações à Lusa, à margem do seminário "TDT - Passo Inclusivo?", organizado pela Acist (Associação Empresarial de Comunicações de Portugal), em Lisboa.

João Cadete de Matos adiantou ainda que a Anacom "não terá sido notificada dessa notícia", mas apenas recebeu "uma carta da empresa comunicando essa intenção", acrescentando que se trata de uma carta "muito circunscrita" ao que "aconteceu há uns anos atrás, e que tem a ver com as obrigações da qualidade do serviço que tem de ser prestado".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE