PUBLICIDADE
Actualidade

BE assume que relação com PS "nunca foi fácil" e recusa que falta de acordo seja uma derrota

19 | 10 | 2019   18.18H

O Bloco de Esquerda assumiu hoje que a relação com o PS "nunca foi fácil" e recusou que a perda de votos e a falta de um acordo de maioria parlamentar possam ser encarados como uma derrota do partido.

No final da reunião da Mesa Nacional, órgão máximo do partido entre Convenções, a coordenadora do BE, Catarina Martins, reconheceu que o partido teria preferido a repetição de uma maioria parlamentar negociada para quatro anos, como existiu na anterior legislatura.

"Como sabem, o BE propôs um acordo de maioria parlamentar, provou ser um instrumento útil capaz de ultrapassar turbulências políticas e capaz de ter horizontes de recuperação de rendimentos. Essa não foi a vontade do PS, que prefere negociar caso a caso, pode fazê-lo, teve votos para o fazer", afirmou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O PS não quer acordos. O PS à primeira oportunidade, provoca uma crise e quer ir a eleições, fazendo-se de vítima. Aii!!! fui violado por um ... (escrevam o que vocês quiseram). Na esperança de assim terem a maioria absoluta. Cabe ao POVO ver o jogo e marcar fora-de-jogo a estes refinados sacanas. Votar em pequenos partido. Dispersar o voto. É o mais seguro.
    Dono dos Burros | 19.10.2019 | 20.56Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE