PUBLICIDADE
Actualidade

Federação Nacional dos Médicos exige redução do trabalho em urgência

20 | 10 | 2019   22.48H

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) aprovou hoje, em congresso, em Lisboa, uma grelha salarial com base num horário de 35 horas, e a diminuição do trabalho em urgência de 18 para 12 horas semanais no horário normal de trabalho.

Estas foram algumas das propostas aprovadas no 12.º Congresso Nacional da FNAM, que terminou hoje, em Lisboa, tendo decorrido sob o lema "Dignificar a carreira médica, defender o Serviço Nacional da Saúde", anunciou a federação, em comunicado.

A FNAM foi uma das estruturas sindicais que esteve na origem de várias greves dos médicos na legislatura que está a terminar, em defesa da revisão da carreira e criação do estatuto de profissão de desgaste rápido, e de risco e penosidade acrescidos, entre outras reivindicações.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE