PUBLICIDADE
Actualidade

Ex-ministro da Defesa timorense Cirilo Cristóvão morre aos 53 anos

21 | 10 | 2019   06.07H

O ex-ministro da Defesa timorense Cirilo Cristóvão morreu no domingo, com 53 anos, num hospital de Bali, Indonésia, onde estava internado na sequência de um derrame cerebral, indicaram fontes familiares.

Cristóvão era membro do Congresso Nacional da Reconstrução Timorense (CNRT) e, entre 2015 e 2017, foi ministro da Defesa.

Natural de Fuiloro, o ex-governante, que liderou também o Serviço Nacional de Inteligência timorense, completou um bacharelato em Direito Civil na Universidade Udayana, em Bali.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE