PUBLICIDADE
Actualidade

Autoridades timorenses investigam professor que tentou obrigar alunas a beijarem-se

21 | 10 | 2019   08.04H

As autoridades policiais e educativas timorenses estão a investigar um professor de uma escola em Ermera, que tentou obrigar duas alunas a beijarem-se na sala de aula, ameaçando bater-lhes com um pau, informou o Ministério da Educação.

O momento, que ocorreu já no passado dia 17 de setembro, numa escola localizada a sul de Díli, tornou-se público no fim de semana, quando um vídeo a mostrar o professor e as alunas foi divulgado nas redes sociais, onde rapidamente se tornou viral.

A divulgação do vídeo levou o Ministério da Educação, Juventude e Desporto (MEJD) a emitir um apelo também nas redes sociais a pedir que as imagens deixassem de ser divulgadas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE