PUBLICIDADE
Actualidade

Estivadores de Setúbal aprovaram greve ao trabalho para a Yilport

28 | 10 | 2019   12.41H

Os estivadores do porto de Setúbal decidiram hoje, em plenário, avançar com um pré-aviso de greve que irá afetar apenas a empresa Sadoport, do grupo Yilport, que acusam de violar o Contrato Coletivo de Trabalho assinado pelas associações patronais.

"Os trabalhadores decidiram avançar com um pré-aviso de greve caso a Sadoport concretize a contratação de um trabalhador que não pertence ao efetivo do porto de Setúbal, contrariando o que está previsto no CCT (Contrato Coletivo de Trabalho)", disse à agência Lusa o presidente do SEAL, Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística, no final do plenário realizado hoje de manhã em Setúbal.

"No fundo, o que a empresa está a dizer é que vai escolher alguém de fora do universo dos 180 trabalhadores que trabalham no porto de Setúbal, ignorando o facto de alguns desses trabalhadores serem precários há 25 anos", acrescentou António Mariano, convicto de que há efetivamente uma "violação do CCT por parte da empresa do grupo Yilport".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE