PUBLICIDADE
Actualidade

Morreu aos 92 anos Sadako Ogata, antiga Alta Comissária da ONU para os Refugiados

29 | 10 | 2019   06.01H

A académica e diplomata japonesa Sadako Ogata, que dirigiu durante uma década o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), entre 1991 e 2001, morreu aos 92 anos, noticiou hoje a imprensa local.

Sadako Ogata foi responsável pelo ACNUR num dos momentos mais difíceis para esta agência da ONU, devido ao deslocamento de refugiados provocado pela Guerra do Golfo, pelos conflitos armados na ex-Jugoslávia e pelo genocídio no Ruanda.

A japonesa tornou-se a primeira mulher a receber, em nome do ACNUR, o Prémio Príncipe das Astúrias da Cooperação Internacional, no primeiro ano em exercício.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE