PUBLICIDADE
Actualidade

Cinco escolas fechadas em Almada devido à greve por reforço de trabalhadores

29 | 10 | 2019   11.44H

O Agrupamento de Escolas da Costa de Caparica, em Almada, que conta com cinco estabelecimentos de ensino, encerrou hoje de manhã devido à greve dos trabalhadores não docentes, que reivindicam o reforço de funcionários, informou fonte sindical.

"Queremos que chegue ao conhecimento do senhor ministro da Educação e ao Governo de que este problema é grave e que se arrasta há vários anos e não é resolvido. As pessoas não são máquinas, são pessoas e têm limites", afirmou à Lusa Paula Bravo, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul (STFPSS).

Segundo a responsável, a paralisação dos funcionários, entre as 07:00 e as 10:00, motivou o encerramento da Escola Secundária do Monte de Caparica, da Escola Básica 2,3 Costa de Caparica e das escolas primárias José Cardoso Pires, Costa de Caparica e Vila Nova de Caparica, em Almada, no distrito de Setúbal.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • O Costa tem bom remédio. Manda a tropa do cangaço furar a greve. Ou aqui os interesses dos Capitalista já não são para defender custe o que custar? Só RIR!!!!!
    Dono dos Burros | 29.10.2019 | 13.54Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • A falta de recursos potencia o BULLING e agressões.Estao a defender-se e defender a vida e bem estar dos alunos das ditas escolas.
    Soro | 29.10.2019 | 12.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE