PUBLICIDADE
Actualidade

'Brexit' é o maior erro da política externa britânica desde a II Guerra - Bercow

06 | 11 | 2019   13.37H

O antigo presidente da Câmara dos Comuns do parlamento britânico, John Bercow, defendeu hoje que o 'Brexit' é o maior erro da política externa britânica desde a II Guerra Mundial e garantiu que foi imparcial enquanto esteve em funções.

"Já não sou 'speaker', não tenho de continuar a ser imparcial, e se me perguntarem o que penso honestamente sobre o 'Brexit', se é bom para a nossa reputação internacional, a resposta honesta é não. Considero o 'Brexit' o maior erro de política externa depois da II Guerra Mundial", afirmou hoje em Londres, numa conferência de imprensa organizada pela associação de jornalistas estrangeiros.

Na sua leitura, o mundo é feito de blocos de poder e de blocos comerciais e o Reino Unido tem a ganhar se estiver nestes blocos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

6 comentários

  • A Europa política não existe. O Povo Europeu muito menos. Os feiticeiros daquelas reuniões em Davos e Bilderberg, sabem o que querem e não perdem o rumo mesmo que haja contratempo pelo caminho. Num país miserável como a Tugolândia, nem sequer se perguntou ao Povo se queria entrar na CEE. Não era preciso. Mário Só Ares, esse paquiderme cheio de soberba, é que sabia o que era bom, para a chusma de mainatos que tinha por aqui a pagarem impostos, para que ele pudesse concorrer com esse outro grande viajante dos tempos modernos, João Paulo II. Só que aqui vão precisar de muita inspiração divina para dar a volta ao resultado. Há uma parte substancial de eleitores que não querem ser governados pelos eurocratas, esses membros não eleitos do Soviete Supremo da União "soviética" Europeia. Por cá, na Tugolândia, desde que cheguem os cheques para que haja pão e circo, nada se passa. Não saímos pelo nosso pé, vamos ser abandonados por eles à beira da estrada. No dia em que a Alemanha já não ganhe nada com este IV Reich, acabou-se o jogo.
    Dono dos Burros | 12.11.2019 | 01.36Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Faço minhas as palavras do DONO DOS BURROS e acrescento: Esta U.E.é um ANTRO de QUADRILHAS DE LADRÕES a viver à custa de quem trabalha.
    abraão | 11.11.2019 | 15.02Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Poderá ser o primeiro speaker a não integrar a camara dos lordes devido ás sua posições polémicas mas lá no fundo nunca será um LORDE INGLÊS mas um descendente de segunda geração de ROMENOS que conseguiu nascer e distinguir-se no RU será que isto está a contar,qual o peso maior?
    Fernamdo | 06.11.2019 | 17.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Têm que estar nesses blocos mas não amarrados aos alemães etc.Fazer parte de blocos não quer dizer super dependencia e casamento eterno.A inserção não pode ser mortal mas negociada permanentemente.O histórico da Inglaterra ,q nunca deixou a libra,não é paginável com uma submissão e amarras seja a quem for.A dificuldade do BREXIT vem demonstrar a teia de compromissos quasi irrevogáveis que iriam escravizar Inglaterra.O MUNDO nao é só Europa e a europa sabe que vai ter um parceiro na busca de acordos internacionais e portanto uma redução do mercado EU.A concretizar-se o futuro dirá.
    Félix | 06.11.2019 | 16.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Esta UE tem que ser desmantelada a bem, senão será a mal e se assim for, é mau. Juntamente com a UE, deve ser enterrada a NATO. As tropas de ocupação americanas devem se retirar da Europa e as suas bases encerradas.
    Dono dos Burros | 06.11.2019 | 16.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • ESSE SENHOR NÃO SABE O QUE É SER LIVRE E TEREM LEIS DO PROPIO PAIS OU ESTAR SUGEITO AS ORDENS DOS QUE NADA FAZEM
    O povinho | 06.11.2019 | 15.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE