PUBLICIDADE
Actualidade

Investigação em cancro pediátrico precisa de mais financiamento e estratégia - especialistas

07 | 11 | 2019   13.16H

Especialistas em investigação em cancro pediátrico defendem que é preciso mais investimento nesta área, mais estratégia e mais autonomia das instituições para contratar técnicos a tempo inteiro.

"A investigação em cancro tem deixado um bocado esquecida a investigação em cancro pediátrico. Esta é uma área em que tem de ser feito muito investimento, pois não tem tido tanta atenção da indústria farmacêutica porque não tem tanto alvo terapêutico", disse à agência Lusa Luís Costa, presidente da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC).

Investigadores nacionais e internacionais e associações de doentes juntam-se na sexta-feira na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, num encontro que permite mostrar o 'estado da arte' da investigação em cancro pediátrico em Portugal, o que se está a fazer no estrangeiro e perceber como é que o panorama nacional pode melhorar.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE