PUBLICIDADE
Actualidade

Presidente do parlamento espera que classificação da morna impulsione promoção em Cabo Verde

08 | 11 | 2019   17.03H

O presidente da Assembleia Nacional de Cabo Verde, Jorge Santos, afirmou hoje que a classificação da morna como Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO, esperada para dezembro, deverá contribuir impulsionar aquele género musical no país.

"Hoje é um dia de festa para toda a nação cabo-verdiana, principalmente para os produtores, para toda a comunidade musical de Cabo Verde, dos poetas, mas também de toda a nação cabo-verdiana, dos músicos. Ter a morna como Património Imaterial da Humanidade é verdadeiramente uma boa notícia para todos os cabo-verdianos", afirmou o presidente do parlamento, sobre o anúncio da aprovação da candidatura por peritos da UNESCO.

O género musical morna deverá ser classificado como Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO, anunciou o ministro da Cultura de Cabo Verde, Abraão Vicente, aludindo à decisão a ratificar em dezembro.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE