PUBLICIDADE
Espanha/Eleições

Torra diz que Catalunha tem de ser encarada como "sujeito político"

09 | 11 | 2019   08.23H

O presidente do Governo catalão defendeu, em entrevista à Lusa, que Espanha tem de saber retirar a mentalidade franquista de vários setores do Estado e começar a encarar a região autónoma da Catalunha como um "sujeito político".

"Infelizmente o Governo central não quis dialogar. Com presos políticos, exilados e a repressão, nós pedimos uma negociação séria em que o Governo [autónomo] da Catalunha possa apresentar a sua proposta e a Espanha também. Mas, para isso é preciso que Espanha reconheça a Catalunha como um 'sujeito político'", disse à Lusa Joaquim Torra, culpando os socialistas pela falta de contactos.

"O PSOE deixou para trás o socialismo integrador e plural da 'nação das nações'. Na moção de censura a Mariano Rajoy [antigo presidente do Governo central, do Partido Popular] demos apoio aos socialistas. Votámos com Sánchez e abrimos uma via de diálogo", frisou Torra, lamentando depois que os socialistas tenham preferido fechar "uma janela" de diálogo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE