PUBLICIDADE
Espanha/Eleições

Condenado independentista catalão defende intervenção de Portugal

09 | 11 | 2019   08.27H

O ativista Jordi Cuitxart, condenado a nove anos de cadeia pelo delito de sedição no âmbito do Processo independentista catalão, defendeu à Lusa que Portugal deveria discretamente incentivar o Estado espanhol a dialogar com o Governo autónomo.

"É evidente que gostaríamos que Portugal, de forma discreta, animasse o Governo espanhol a priorizar o diálogo e a negociação com o Governo catalão", afirmou Cuitxard, em repsosta às questões enviadas pela agência Lusa.

Jordi Cuitxard, antigo presidente da associação catalã Òmnium Cultural, encontra-se preso na cadeia de Lledoners, Catalunha, pelo crime de sedição no Processo independentista e recorda o apoio de personalidades portuguesas que pediram "amnistia" para aqueles que considera "presos políticos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • ELES QUEREM UM FRANCO PARA POR OS DESORDEIROS ESPANHÓIS NA LINHA
    O povo | 09.11.2019 | 20.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • A catalunha vive dividida e ao apoiar uma das partes estamos a esmagar os outos 50%Apredam a viver em democracia e deixem-se de extremismos,A energia , agua etc vem do resto de Espanha a Independencia velha aspiração de seculos nada vai resolver a não ser um conflito europeu.A EU encolhe-se e não se defende parecendo resignada com a sua extinção.
    Napoleao | 09.11.2019 | 16.24Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE