PUBLICIDADE
Actualidade

Saúde perto de "ponto de não retorno" tem de ser prioridade da legislatura -- José Fragata

12 | 11 | 2019   11.48H

O cirurgião José Fragata avisou hoje que o Serviço Nacional de Saúde pode estar "muito perto do ponto de não retorno", defendendo que a saúde "tem mesmo de ser uma prioridade" na atual legislatura.

Num discurso na Convenção Nacional de Saúde, que decorre hoje em Lisboa, o médico e vice-reitor da Universidade Nova de Lisboa aludiu à "diáspora médica" e à saída do serviço público de saúde de muitos profissionais, também enfermeiros.

Lembrando que desde 2014 saíram do país mais de dois mil médicos, José Fragata salientou que muitos dos profissionais que saem de Portugal ou do sistema público já não regressam mais.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE