PUBLICIDADE
Actualidade

Comandate da Jihad Islâmica morto estava a planear ataque contra Israel - Netanyahu

12 | 11 | 2019   13.10H

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, disse que o comandante do braço armado da Jihad Islâmica morto hoje num ataque aéreo na Faixa de Gaza estava a planear um novo ataque.

No final de uma reunião de emergência do Gabinete de Segurança israelita, Netanyahu indicou que Baha Abu al-Ata, das Brigadas Al-Quds, o braço armado da Jihad Islâmica, era a força motriz por trás de recentes ataques contra Israel e uma "bomba-relógio".

O ataque israelita que matou Al-Ata, 42 anos, e a sua mulher provocou o disparo de "aproximadamente 50 projéteis" da Faixa de Gaza para Israel, segundo as forças armadas do Estado hebreu.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE