PUBLICIDADE
Bolívia

LIVRE denuncia afastamento de Evo Morales "apesar dos erros cometidos"

12 | 11 | 2019   15.42H

O partido LIVRE considerou hoje que a situação política na Bolívia que levou à renúncia do Presidente Evo Morales representou um "golpe de estado", apesar de reconhecer "erros cometidos" pelo chefe de Estado cessante.

Em comunicado, o LIVRE denunciou o "golpe de Estado que teve lugar na Bolívia" e que "levou à fuga" do Presidente Evo Morales, lembrando que o chefe de Estado cessante tinha decidido convocar eleições logo após as suspeitas de fraude eleitoral.

"Apesar dos erros cometidos por Morales, nomeadamente ao querer alterar a lei para poder continuar o seu mandato, este é o momento para condenar um golpe promovido pelas forças militares e reacionárias e que nos relembra o pior da história do continente sul-americano", lê-se no texto.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE