PUBLICIDADE
Óbito/Manuel Jorge Veloso

Governo destaca contributo "indelével" para divulgação do jazz

13 | 11 | 2019   18.52H

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, lamentou a morte do músico Manuel Jorge Veloso, hoje, aos 82 anos, destacando que este contribuiu "de forma indelével para a divulgação e afirmação do jazz em Portugal".

"Ao longo de mais de cinquenta anos de carreira, Manuel Jorge Veloso contribuiu de forma indelével para a divulgação e afirmação do jazz em Portugal, enquanto compositor, crítico e professor, sendo o seu nome indissociável da história deste género em Portugal", refere a ministra, num comunicado hoje divulgado.

Manuel Jorge Veloso morreu hoje, em Lisboa, vítima de doença oncológica, disse à agência Lusa o investigador João Moreira dos Santos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE