PUBLICIDADE
Actualidade

ONG denuncia ataque aos profissionais de sáude pelas forças de segurança iraquianas

14 | 11 | 2019   13.26H

A organização Human Rights Watch (HRW) acusou hoje as forças de segurança iraquianas de atacarem dezenas de médicos quando atendiam manifestantes feridos nos protestos em curso no Iraque e alertou que um profissional de saúde já morreu.

Num comunicado, a organização não-governamental (ONG) disse que as forças de segurança iraquianas usaram "munição real" e gás lacrimogéneo contra equipas médicas, hospitais de campanha perto das manifestações e até ambulâncias.

"Os médicos tornaram-se vítimas da força estatal excessiva", disse a diretora da HRW para o Médio Oriente, Sarah Leah Whitson.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE