PUBLICIDADE
Moçambique/Ataques

Grupo mata residentes, incendia aldeia e paralisa obras em megaprojetos de gás - testemunhas

14 | 11 | 2019   18.52H

Um ataque de um grupo armado a uma aldeia costeira do Norte de Moçambique provocou na quarta-feira oito a 10 mortos, várias casas incendiadas e fez paralisar algumas obras dos megaprojetos de gás natural, disseram hoje à Lusa residentes e trabalhadores.

Homens armados com catanas e metralhadoras entraram ao fim do dia em Nsemo, pelo lado da praia, na península de Afungi, a poucos quilómetros das obras.

"Queimaram casas, destruíram barracas, barcos e redes", descreveu um pescador, morador na aldeia, que falou sob anonimato por questões de segurança, e que perdeu uma embarcação e várias redes de pesca, todas incendiadas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE