PUBLICIDADE
Actualidade

CGTP avisa que se pode estar a caminhar para uma "cartelização dos salários"

15 | 11 | 2019   20.24H

O secretário-geral da CGTP afirmou hoje que rejeitará um acordo de Concertação Social que diminua a possibilidade de organizações empresariais e sindicais negociarem aumentos salariais e avisou que se pode estar a caminhar para uma "cartelização de salários".

"Analisámos de uma forma mais global a hipótese da discussão sobre um acordo sobre os rendimentos e a competitividade e aquilo que consideramos é que podemos estar perante uma tentativa de cartelização organizada dos patrões para conter, diria mesmo moderar, ou até estabelecer tetos salariais a nível nacional", precisou Arménio Carlos, em declarações aos jornalistas no final de uma reunião do Conselho Nacional.

A análise do acordo para a competitividade e rendimentos que vai começar a ser discutido em Concertação Social numa reunião marcada para 27 de novembro foi um dos pontos da agenda deste encontro do Conselho Nacional.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE