PUBLICIDADE
Actualidade

Jerónimo critica Governo por preferir a "ditadura do défice" à resposta aos problemas do país

16 | 11 | 2019   16.27H

O secretário-geral do PCP criticou hoje o programa do Governo PS por "dar prioridade" à "ditadura do défice" e manter "privilégios" dos grandes grupos económicos "em detrimento" do investimento e da resposta aos problemas do país.

As opções do programa do Governo "dão prioridade ao défice em detrimento do investimento" e "mantêm privilégios e condições de domínio dos grandes grupos económicos e do grande capital sobre a vida nacional em detrimento da resposta aos problemas dos trabalhadores, da garantia dos direitos sociais e do desenvolvimento do conjunto da economia", disse Jerónimo de Sousa, em Beja.

Segundo o líder comunista, que falava no início de uma reunião da direção com concelhias da Organização Regional de Beja do PCP, trata-se de um programa "com uma política que elege a ditadura do défice, apresentada como uma ?política de contas certas' para justificar o adiamento da solução dos problemas do país, mas que está sempre pronta a dar cobertura aos desmandos da banca e aos seus negócios ruinosos", lamentou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE