PUBLICIDADE
Actualidade

Face aos "tumultos" no Irão, Estado não permitirá "a insegurança" - Rohani

17 | 11 | 2019   17.05H

O Presidente iraniano declarou hoje que o Estado não deve "permitir a insegurança" face aos "tumultos" desencadeados na sexta-feira à noite em várias cidades do Irão após o anúncio de um forte aumento do preço da gasolina.

"Manifestar o seu descontentamento é um direito, mas a manifestação é uma coisa e o tumulto é outra", disse Hassan Rohani durante o Conselho de Ministros, segundo um comunicado da presidência.

"Não devemos permitir a insegurança na sociedade", defendeu o Presidente.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE