PUBLICIDADE
Trump

Assessor da Casa Branca considerou "impróprio" telefonema com Zelensky

19 | 11 | 2019   15.56H

O assessor da Casa Branca Alexander Vindman disse hoje que considerou "incorreto e inapropriado" o telefonema do Presidente dos EUA com o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, durante o inquérito para destituição de Donald Trump.

Alexander Vindman, especialista sobre a Ucrânia do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, disse hoje que ficou "preocupado" enquanto tirava notas do telefonema entre Donald Trump e Zelensky, em 25 de julho - a chamada que está no centro do inquérito para a destituição do Presidente dos EUA, em que Trump é acusado de ter tentando pressionar o homólogo ucraniano a investigar Joe Biden, rival político do líder norte-americano.

Vindman disse à comissão de inquérito que se sentiu impelido a reportar a sua preocupação aos advogados do Conselho de Segurança Nacional, já que o que ouviu no telefonema foi "incorreto e inapropriado", porque é "impróprio para o Presidente dos Estados Unidos pedir a um Governo estrangeiro para investigar um cidadão dos EUA e oponente político".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE