PUBLICIDADE
Actualidade

Deputado brasileiro do PSL quebra placa sobre genocídio negro

20 | 11 | 2019   01.44H

Um deputado brasileiro do Partido social Liberal (PSL), ex-formação política do Presidente do país, Jair Bolsonaro, causou polémica na terça-feira ao quebrar uma placa de uma exposição que celebra o Dia Nacional da Consciência Negra.

A placa destruída pelo deputado federal Coronel Tadeu, intitulada "o genocídio da população negra", exibia o desenho de um agente da polícia com uma arma de fogo na mão, enquanto que um jovem se encontrava caído no chão.

"Polícias não são assassinos. Polícias são guardiões da sociedade, sinto orgulho de ter 600 mil profissionais a trabalhar pela segurança de 240 milhões de brasileiros. Na polícia você pode confiar", escreveu o deputado na rede social Twitter, partilhando um vídeo do momento em que destruía a ilustração.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE