PUBLICIDADE
Macau/20 anos

O primeiro bebé de uma nova cidade

20 | 11 | 2019   05.15H

O primeiro bebé nascido em Macau depois da transferência quer hoje ser padeiro, uma tradição trazida pelos portugueses, mas de resto, Lei Ka Hei é o espelho de uma cidade transformada.

Quinze minutos após a meia-noite do dia 20 de dezembro de 1999, enquanto na Praça do Centro Cultural de Macau os altos dignitários de Portugal e da China assistiam à tradicional dança do leão e do dragão, nascia um bebé no Hospital Kiang Wu.

Lei Ka Hei, nome que em chinês significa "Feliz Aurora", tinha 3,49 quilos e veio ao mundo seis dias antes do previsto. "Talvez estivesse com pressa de vir ao mundo na mesma altura em que estava a nascer a Região Administrativa Especial de Macau", disse na altura a mãe, Wong Pui Sim, à agência noticiosa oficial chinesa Xinhua.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE