PUBLICIDADE
Moçambique/Dívidas Ocultas

Ex-Presidente Guebuza pediu apoio da empresa Privinvest para Frelimo - Arguido

20 | 11 | 2019   07.11H

O principal arguido num esquema de fraude em Moçambique, em julgamento nos Estados Unidos, afirmou que o ex-Presidente moçambicano Armando Guebuza pediu o apoio da empresa Privinvest para a Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo).

No depoimento prestado na terça-feira, Jean Boustani, acusado pelos procuradores norte-americanos, afirmou que Guebuza pediu à empresa de construção naval apoio para a segurança em Moçambique, atração de investidores internacionais, aumento de investimentos no país e apoio à Frelimo (no poder) pela Privinvest.

A empresa de construção naval Privinvest, com sedes no Líbano e nos Emirados Árabes Unidos, era a fornecedora para um projeto de proteção da zona exclusiva económica (ZEE) de Moçambique.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE