PUBLICIDADE
Actualidade

Presidente da República pede atenção para as crianças em situação de pobreza

20 | 11 | 2019   14.07H

O Presidente da República defendeu hoje que é preciso "acelerar passo" na proteção dos direitos das crianças e pediu atenção da sociedade como um todo para as que ainda estão em situação ou risco de pobreza.

Numa cerimónia de comemoração dos 30 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança, no Museu de Marinha, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que este "tem de ser um desafio nacional de todos os dias".

Segundo o chefe de Estado, "tem de ser a sociedade a exigir mais, a chamar a atenção para este problema" e a questionar "por que é que há aquela bolsa de pobreza de crianças" ou "por que é que ali funciona e ali funciona mal".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

5 comentários

  • Portugal constitucionalmente está destinado rumo ao SOCIALISMO de forma que será sempre um País rumo á pobreza.O ataque sistemático aos individuos com skils via impostoscom instabilidade fiscal,justiça em ponto morto e burocracia extrema nao tem soluçaol a nao ser osaque fiscal.Em Lisboa PS vai aumentar IMI 6 vezs mais a casas devolutas em zonas de pressao urbnistica,nao há outros meios senao esta investida SOCIALISTA d saque?Afinal nao há pleno direito á propriedade privada é tudo do ESTADO que impoe as rendas que lhe convem.
    Urbano | 22.11.2019 | 13.59Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • QUAL É A RESPONSABILIDADE DOS PAIS É PARA ALGUNS ZERO MUITOS JULGAM QUE A SOCIEDADE É QUE E RESPONSÁVEL
    O ze | 20.11.2019 | 18.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Não acredito. Então o 25 de Novembro do patilhas, não enterrou o Socialismo? Mário Só Ares até o meteu na gaveta. Como é que no regime Capitalista há pobreza? Não acredito. Recuso-me a creditar. Não deve ter sido isto que foi dito pela certa.
    Dono dos Burros | 20.11.2019 | 18.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Quando vou a um funeral dou-me ao cuidado ( ! ) de analisar a choradeira das pessoas no acompanhar do defunto até ao cemitério e sempre verifiquei que até ao enterrar do defunto a choradeira existe; quando se volta as costas à campa, limpam-se as lágrimas e assoa-se o ranho; fora do cemitério já se conversa e alguns dizem : Não era má pessoa, mas também tinha as suas coisitas ; regressa-se a casa e tira-se a gravata preta e bebe-se um copo e no dia seguinte o luto acabou e o esquecimento começa e eu digo para mim: CRESCE MAIS RÁPIDO O ESQUECIMENTO À VOLTA DA SEPULTURA DO QUE AS ERVAS. Creio que me estou a fazer entender. Mas quanto ao Sr. Presidente creio que fazia boa parelha com a CRISTINA FERREIRA, aquela do programa da SIC que dá muitas GARGALHADAS, que dá a ideia de estar a dar roda de burros a todos os portugueses, gargalhadas sem sentido, o que deixa de ser POPULAR e ser uma popularucha nojenta. RAMALHO EANES foi um bom presidente, o melhor para mim e não precisou de fazer tanto espetáculo.
    profeta | 20.11.2019 | 16.54Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • ISTO É UM PAÍS QUE MUITOS VÊM TER CÁ AS CRIANÇAS PARA TER NACIONALIDADE DE POIS SEJA O QUE DEUS QUISER PARA OS DE CA NINGUÉM SE EMPORTA
    O povo | 20.11.2019 | 15.19Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE