PUBLICIDADE
Actualidade

Ordem alerta para perigo de falência em urgência de Coimbra por falta de médicos

04 | 12 | 2019   17.18H

Vinte médicos especialistas em medicina interna enviaram declaração de responsabilidade à Ordem dos Médicos face à escassez das equipas nas urgências dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), anunciou hoje aquela associação profissional.

A Secção Regional do Centro (SRC) da Ordem dos Médicos (OM) alerta para a situação "incomportável" e "de extrema gravidade" no serviço de urgência dos HUC, que é "um dos maiores do país" e um dos polos do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

A situação, afirma a SRC da Ordem, deve-se "às dificuldades em cumprir a escala de medicina interna".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE