PUBLICIDADE
Actualidade

Sarampo matou mais de 140.000 pessoas no mundo em 2018 - estimativas

05 | 12 | 2019   18.00H

O sarampo matou mais de 140.000 pessoas em 2018, de acordo com novas estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Centro para Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

As mortes por sarampo ocorreram numa altura em que o número de casos aumentou globalmente, com surtos em todas as regiões.

A maioria das mortes ocorreu entre crianças menores de cinco anos. Bebés e crianças muito jovens correm maior risco de infeções por sarampo, com possíveis complicações, incluindo pneumonia e encefalite (inchaço/inflamação do cérebro), além de incapacidade ao longo da vida - dano cerebral permanente, cegueira ou perda auditiva.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE