PUBLICIDADE
Sporting

Tribunal mantém Mustafá em prisão preventiva

06 | 12 | 2019   21.11H

O coletivo de juízes que está a julgar o processo do ataque à Academia do Sporting, em Alcochete, indeferiu o hoje o requerimento da defesa do líder da claque Juventude Leonina, mantendo Mustafá em prisão preventiva.

A decisão consta de um despacho assinado pela presidente do coletivo de juízes, Sílvia Pires, a que a agência Lusa teve acesso.

"O julgamento encontra-se numa fase inicial e ainda não foi produzida toda a prova que conduziu à imputação ao arguido da prática de um crime de tráfico de estupefacientes (...), sendo certo que, além do mencionado ilícito, o arguido encontra-se ainda pronunciado pela prática, em autoria moral, de um vasto acervo de crimes cujas molduras penais também admitem a aplicação da medida de coação de prisão preventiva", explica a juíza presidente.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE