PUBLICIDADE
Actualidade

Morreu indiana que se queixou de violação coletiva e foi incendiada a caminho do trirbunal

07 | 12 | 2019   06.24H

Uma suposta vítima de violação no norte da Índia que foi incendiada a caminho de uma audiência de tribunal morreu num hospital de Nova Deli, informaram hoje as autoridades.

A mulher foi atacada por um grupo de homens no estado de Uttar Pradesh, entre os quais dois dos cinco indivíduos que havia acusado de violação coletiva em 2018, e que tinham sido libertados sob fiança.

Cinco homens foram detidos em conexão com este último ataque.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE