PUBLICIDADE
Actualidade

ASAE apreende 4 dentes de marfim de cria de elefante na Figueira da Foz

07 | 12 | 2019   10.48H

Quatro dentes de marfim de cria de elefante, que são de exportação proibida, mas encontravam-se à venda na internet por 1.500 euros, foram apreendidos na Figueira da Foz, anunciou hoje Autoridade de Segurança Alimentar e Económica.

Numa ação de fiscalização no âmbito da vigilância da comercialização através da Internet, realizada na Figueira da Foz, distrito de Coimbra, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da sua Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal (UNIIC), instaurou "um processo de contraordenação, contra um indivíduo, por venda ilegal de espécimes de espécies protegidas".

Na sequência deste processo, as autoridades apreenderam quatro dentes de marfim de cria de elefante, que "carecem de um certificado de acompanhamento CITES - Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • COMO É QUE CHEGOU A PÉ DE BARCO AVIÃO NÃO HÁ FRONTEIRAS É SEMPRE A PASSAR BELO MUNDO O INDIVÍDUO QUE TINHA O MATERIAL PRECIOSO DEVE DE TER A NACIONALIDADE PORTUGUESA QUE NESTA TERRA ASSIM O EXIGEM
    O ze | 07.12.2019 | 14.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • E agora a ASAE vai fazer o quê com os dentes que roubou? Destruir? Assim o Estado perde o IVA. Ficarem com eles em armazém? E daqui a uns meses ninguém sabe como é que desapareceram? País de LADRÕES este. Ninguém trabalha, só roubam.
    Dono dos Burros | 07.12.2019 | 13.58Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE