PUBLICIDADE
OE2020

Movimento de reformados quer atualização mínima de 10 euros das reformas

07 | 12 | 2019   16.02H

A Confederação Nacional de Reformados, Pensionistas e Idosos (MURPI) exige que as pensões sejam aumentadas no mínimo em 10 euros, em 2020, segundo um comunicado hoje divulgado.

O MURPI divulgou hoje as suas exigências para o Orçamento do Estado para 2020, considerando que sem aumentos mínimos de 10 euros nas pensões não é reposto o poder de compra que "assegure a existência de uma vida condigna" aos pensionistas.

Segundo o MURPI, pelas regras de atualização das pensões, a confirmar-se a taxa de inflação de novembro, "a maioria das pensões são aumentadas no máximo em 0,7%, ou seja, em valores inferiores a três euros".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE