PUBLICIDADE
Actualidade

Bastonário da Ordem contra ideia de obrigar jovens médicos a ficar no SNS

07 | 12 | 2019   19.45H

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, afirmou hoje que é contra a ideia de obrigar jovens médicos a ficar no Serviço Nacional de Saúde, frisando que estes profissionais nada devem ao Estado.

A ideia de que o Governo "quereria obrigar médicos jovens especialistas a ficar no Serviço Nacional de Saúde tem várias contradições", notou o bastonário, que falava durante uma cerimónia do Juramento de Hipócrates, em Coimbra, para uma plateia de novos médicos.

"Primeiro, num Estado democrático, não se pode obrigar as pessoas a ficar num determinado sítio. Isso é possível nos estados autocráticos, mas não numa democracia. Segundo, os médicos, durante a sua formação especializada, nada devem ao Estado, bem pelo contrário", frisou, com a plateia a aplaudir o discurso.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

3 comentários

  • Nos países socialistas os jovens estudavam de graça mas não podiam abandonar o país, por isso o fruto do esforço em pagar a sua formação não se perdia; nos países capitalistas a formação dos jovens é paga por eles, pelos pais ou através de critérios bancários que mais tarde terão que pagar; em Portugal, apesar das propinas pagas, a formação dos jovens médicos sai muito cara ao país, por isso não é muito estranho que fiquem em dívida para com a sociedade: assim deveriam pagar a sua formação ou, caso não o possam fazer, exercer durante algum tempo um serviço cívico na área em que obtiveram a formação.
    Zé da burra o alentejano | 08.12.2019 | 07.52Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Obrigado eanes. Eh pá! O teu 25N foi a melhor coisa que "nós" capitalistas, podíamos ter sonhado. Realmente vocês foram uns artistas. Tu, o gordo da Mata e mais uns quantos marmanjos. A começar por teres ido buscar aquele engenheiro da treta a Madrid, para fundar um banco e que banco. Depois criaste este sistema único no mundo. A socialização dos prejuízos e a privatização dos lucros. Oiro sobre azul. Para a formação destes rapazes cá estamos nós todos, os otários, os palermas, os broncos, a gente que não sabe nada de nada, as bestas de carga, para pagarmos a sua esmerada formação. Depois na hora do acerto das contas, é o capitalismo, os direitos individuais, a livre-escolha, o estado a não ter que se meter na vida de cada um, a Liberdade com L, como tu e o sacana do Mário gostavam.
    Dono dos Burros | 07.12.2019 | 21.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • PAGUEM AS FORMAÇÕES NÃO A CUSTA DOS QUE TRABALHAM CONTRIBUINTES
    O povo | 07.12.2019 | 20.09Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE