PUBLICIDADE
Actualidade

Exército japonês pediu uma escrava sexual para cada 70 soldados durante II Guerra Mundial

08 | 12 | 2019   03.37H

O exército do Japão durante a Segunda Guerra Mundial pediu ao Governo que fornecesse uma escrava sexual para cada 70 soldados, de acordo com documentos históricos analisados pela agência de notícias nipónica Kyodo News.

Os 23 documentos foram reunidos pela Secretaria do Gabinete do Japão entre abril de 2017 e março de 2019, incluindo 13 despachos secretos dos consulados japoneses na China para o Ministério das Relações Exteriores em Tóquio, datados de 1938, segundo a Kyodo.

A questão das escravas sexuais tem sido fonte de uma dolorosa disputa entre a Coreia do Sul e o Japão. As mulheres eram da Coreia do Sul, Taiwan, Austrália, Filipinas e Japão e os documentos agora divulgados sublinham o papel do Estado no chamado sistema de "mulheres de conforto".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Convinha era conhecermos os papéis do presente e não do passado. ONU, NATO.
    Dono dos Burros | 08.12.2019 | 11.49Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE