PUBLICIDADE
Actualidade

Cerca de 800.000 marcham em Hong Kong para assinalar seis meses de contestação

08 | 12 | 2019   15.21H

Cerca de 800.000 manifestantes pró-democracia marcharam hoje pelas ruas de Hong Kong, quando se assinalam seis meses desde o início dos protestos contra o regime de Pequim, referem os organizadores.

"Tivemos 800.000 participantes", disse à imprensa Eric Lai, da Frente Civil dos Direitos Humanos (CHRF, na sigla inglesa), organização não-governamental que se tem assumido como a principal organizadora dos protestos.

Este é o valor mais elevado desde o início dos protestos, em junho deste ano.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • A China tem que lentamente asfixiar Hong-Kong. Retirar lentamente todos os fluxos financeiros que ainda por lá transitem, passá-los para Xangai e alguns para Macau. Enfixá-los todos. Sempre que pretendam usar um meio de transporte que seja controlado, serem barrados. Empregos em empresas que se vejam, nem pensar. Esta corja de parasitas imberbes, terão que ser uma geração perdida sem pena nem dó.
    Dono dos Burros | 08.12.2019 | 16.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE