PUBLICIDADE
Actualidade

Jerónimo diz que SNS está "sob fogo cerrado" e apela a "grande debate"

08 | 12 | 2019   16.42H

O secretário-geral do PCP afirmou hoje, em Alpiarça, que o Serviço Nacional de Saúde está "sob fogo cerrado", com relatos diários de desgraças, desleixos e carências, "tudo a pensar em atingir o coração" deste sistema.

Jerónimo de Sousa falava no final de um almoço que reuniu perto de 300 pessoas no ginásio da coletividade Águias de Alpiarça (distrito de Santarém), inserido na campanha "Intervir, Lutar, Avançar", que o partido tem em curso em todo o país.

"Vocês veem na televisão, não há dia nenhum em que não apareça uma desgraça, um desleixo, uma falta - de material, de equipamentos, de profissionais -, tudo a pensar em atingir o coração do Serviço Nacional de Saúde", afirmou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Ai, sim? Falou no final de um almoço? Quer dizer que falou de barriga cheia, e, ainda por cima um almoço que reuniu perto de 300 pessoas... mas pessoas designadas de "sem-abrigo" ou das outras "com-abrigo"? O SNS está assim do jeito que se sabe e não é de admirar. As diretivas mundiais é de reduzir em dois terços a população mundial.
    anónimo | 08.12.2019 | 18.16Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE