PUBLICIDADE
Actualidade

Governo chinês diz que detidos em Xinjiang estão "formados" e "vivem felizes"

09 | 12 | 2019   07.56H

Um alto quadro do regime chinês afirmou hoje que membros de minorias étnicas chinesas de origem muçulmana mantidos em "centros de treino vocacional" no extremo oeste do país já se "formaram" e levam agora "vidas felizes".

O governador uigur de Xinjiang, Shohrat Zakir, falava durante uma conferência de imprensa, parte de uma campanha de propaganda lançada por Pequim após o Congresso dos Estados Unidos ter aprovado, na semana passada, um projeto de Lei que prevê sanções contra funcionários chineses envolvidos em abusos dos direitos humanos na região.

"Quando as vidas das pessoas de todos os grupos étnicos em Xinjiang foram gravemente ameaçadas pelo terrorismo, os EUA ficaram surdos", acusou Zakir.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE